Freguesia de Três Povos 2014 - Todos os direitos reservados

Clube de Caça e Pesca dos Três Povos

Historial

A Zona onde se situa a reserva de caça associativa do Grupo Desportivo e Cultural dos Três Povos, tem sido ao longo dos anos uma excelente zona de caça maior e menor, nomeadamente de Javali, Perdiz, Coelho, Lebre e de aves de arribação, sendo de realçar a Codorniz, Rola e Tordo.

Caracterizada por uma predominância de zona de terrenos planos onde se efectuam na sua maioria culturas de regadio, apresenta algumas zonas distintas, como é o caso a N e a N.W. onde existe uma extensa zona de pinhal e mato onde predominam as giestas, as estevas e carquejas, intervaladas com a zona de vinha, olival, pomares e castanheiros.

É de realçar que a associação é formada por 104 caçadores, na sua maioria naturais ou residentes na freguesia  de Três Povos.

Por outro lado, os proprietários das terras que abrangem a zona de caça associativa são, na sua maioria, sócios ou familiares dos sócios da associação.

Socialmente a concessão desta zona de caça associativa reveste-se de uma importância bastante grande para a comunidade (aldeias de Salgueiro, Quintãs e Escarigo), não só devido ao empenhamento que tiveram os seus habitantes ao unirem os seus esforços, a fim de se conseguirem as condições necessárias e suficientes que a lei exige para permitir o pedido da concessão da zona de caça nas também aos proveitos que daí poderão advir.

Estes proveitos, revertem-se principalmente no beneficio dos seus proprietários poderem dispor a seu favor ou dos seus familiares dos direitos de caça nas suas propriedades conseguindo ainda através desta concessão acabar com a invasão que os seus terrenos têm vindo a ser alvo por caçadores oriundos de outras zonas do País.

A água é abundante em toda a área da reserva, dado que a mesma é atravessada por vários ribeiros e uma ribeira principal (Ribeira da Meimoa) sendo ainda abundantes vários charcos e uma barragem.

Existem predadores, cuja eliminação terá que ser encarada pelos métodos e nos quantitativos entendidos como eficazes através  da colaboração a solicitar à D.G.F. e ao serviço de Parques e Reservas.

Irá criar-se um posto de trabalho permanente, o do Guarda, que irá fiscalizar a zona de caça associativa de acordo com o art. N. 76 do Decreto-Lei N. 274-A/88 de 3 de Agosto.

As significativas áreas agrícolas de sequeiro e regadio permitirão culturas arvenses primaveris – estivais e Outono – invernais, constituindo óptimos habitats para as espécies que se pretendem incrementar pelo que nos parece plenamente justificada a proposta de autorização de uma zona de regime cinegético especial (zona de caça associativa) ao Grupo Desportivo e Cultural dos Três Povos, pelo período de 12 anos.

In. cctrespovos.no.sapo.pt

Contacto:

Clube de Caça e Pesca dos Três Povos

Estrada Principal, nº 67

Quintãs

6230 – 614 Salgueiro

Tel. 966137044